Superliga Feminina

  • Crédito: João Pires/Fotojump

    A levantadora Macris foi destaque mais uma vez na semifinal.

Minas despacha Osasco e está na final

Superliga terá uma final inédita entre equipes mineiras, com Minas e Praia Clube
Por: Redação e agências - 08/04/2019 23:57:26

A Superliga feminina 2018/2019 terá uma final mineira entre o Dentil Praia Clube, campeão da temporada passada e o Itambé Minas, campeão em 2002 e que conquistou a vaga na grande final nesta segunda-feira(8) com a segunda vitória sobre o Osasco na série semifinal.

O Minas encarou um ginásio José Liberati lotado, mas não se deixou levar pela pressão da torcida adversária, dominou a partida, mesmo perdendo o segundo set e permitindo o empate do time da casa, o que animou o Osasco a acreditar e quase vencer o o terceiro set, mas o Minas retomou o controle da partida e aplicou 3 sets a 1, com parciais de 25/15, 19/25, 27/25 e 25/19 e fechou a série em 2 a 0, retornando a uma final de Superliga depois de 15 anos de espera.

A final "mineira" como estea sendo chamada, será inédita em Superligas, e colocará frente a frente os dois melhores times da temporada regular, quando o Minas terminou na liderança e o Praia na segunda colocação. A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) ainda vai divulgar a tabela da série melhor de três jogos da decisão.

Os times

Osasco: Claudinha, Mari Paraíba, Nati Martins, Destinee Hooker, Paula Pequeno, Walewska e a líbero Camila Brait.

Técnico: Luizomar de Moura

Minas: Macris, Natália, Mara, Bruna Honório, Gabi, Carol Gattaz e a líbero Léia


Técnico: Stefano Lavarini

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade