Superliga Masculina

  • Crédito: Reprodução/Divulgação

    Brasil deve ter mais times na próxima edição

Copa Libertadores deve ter três representantes brasileiros

Sesi, Sesc e Minas seriam os times do país; Taubaté e Cruzeiro disputam Sul-Americano
Por: Bruno - 30/12/2019 13:18:14

 

A Copa Libertadores masculina deverá ter seis participantes em sua segunda edição, que será disputada em Buenos Aires. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (27), pelo site argentino Voley Plus. Ainda de acordo com a publicação, a edição 2020 pode ter como representantes brasileiros o Sesi-SP, Sesc-RJ e o Fiat/Minas.

 

Os dois primeiros colocados da Superliga, EMS/Taubaté Funvic e Sada/Cruzeiro, vão disputar o Campeonato Sul-Americano, previsto para o fim de fevereiro. Por não conseguir conciliar o calendário das competições nacionais com as internacionais, os dois times ficam de fora de Libertadores. 

 

Os outros participantes do torneio seriam da Argentina. Além do Bolívar, campeão da edição inicial em Taubaté (SP), Obras de San Juan e Ciudad Voley também representarão o país vizinho na Libertadores, que deverá ser disputada entre 28 de janeiro e 1 de fevereiro. 

 

Segundo a fórmula da disputa, seriam formados dois grupos de três times (um grupo com as equipes brasileiras e outro com os times argentinos), com duas partidas cada na fase inicial. A final seria disputada pelo melhor brasileiro e pelo melhor argentino. Os jogos devem acontecer no Ginásio do San Lorenzo. A oficialização das informações está prevista para os próximos dias pela organização da Libertadores.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade