Superliga Masculina

  • Crédito: Reprodução

    Torcida maringaense se mobiliza na internet para ajudar time a se manter na Superliga.

Torcida do Maringá Vôlei cria vaquinha para ajudar time

Com meses de salários atrasados, equipe paranaense vive crise financeira sem precedentes
Por: Redação - 24/01/2020 11:43:41
701 visualizações

Dentro de quadra, o Denk Academy/Maringá Vôlei faz uma campanha digna na Superliga masculina 2019/20: é o atual 7º colocado, posição que o garante momentaneamente no grupo das equipes que avançam aos playoffs da principal competição do país. Em termos econômicos, entretanto, a situação do time paranaense é caótica. Correndo risco de deixar o campeonato por falta de recursos - atletas e funcionários estão há três meses sem receber - a torcida maringaense criou uma vaquinha virtual para ajudar o time.

“O Maringá Vôlei precisa de ajuda para se manter na Superliga 2019/2020, já que se encontra em condições financeiras muito complicadas. O único patrocinador, que tem exclusividade para expor a marca dele no time, não repassa os pagamentos há 3 meses. Sem dinheiro, o time não consegue se manter no campeonato e corre o risco de ter que abandonar a Superliga no meio da competição. São mais de 30 famílias com salários atrasados envolvidas diretamente no projeto”, afirmam os torcedores responsáveis pela organização da vaquinha, criada nesta semana.

O próprio perfil do time no Facebook está divulgando a iniciativa dos torcedores, e tem recebido apoio nos comentários. Até a manhã desta sexta-feira (24), a vaquinha virtual havia arrecadado R$ 1.640,00.

A vaquinha virtual "Guerreiros do Maringá Vôlei" pode ser acessada pelo endereço https://www.vakinha.com.br/vaquinha/guerreiros-do-maringa-volei .

Saída de atletas e partidas fora de Maringá

A situação financeira precária da equipe paranaense motivou o experiente oposto Lorena a deixar o Denk Academy/Maringá Vôlei e se transferir para o Lavras (MG), para a disputa da Superliga B. Além de perder importantes peças do elenco, o confronto contra o líder Sada Cruzeiro, válido pela 4ª rodada do returno e programado para o dia 6 de fevereiro no Ginásio Chico Neto, em Maringá, mudou de local. Com o aval da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), a partida de mando do Maringá será disputada no Ginásio Riacho, em Contagem (MG).

Compartilhe



Veja também...

1 Comentários

  1. MarceloDiz:

    Uma pena outro caso de salários atrasados nesse ano de superliga,ainda mais no caso desse time,no qual a torcida sempre ta entre as que mais comparecem no estádio,mesmo a equipe não sendo das mais cotadas ao título

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

Publicidade
Publicidade
Publicidade