Superliga Feminina

  • Crédito: Orlando Bento/MTC

    Um dos principais reforços para a temporada, Deja McClendon (esquerda) não joga mais pelo Minas.

Minas passa fácil pelo Flamengo

Partida marcou a despedida da ponteira Deja McClendon com a camisa do Minas
Por: Redação, com assessoria/CBV - 18/01/2020 16:01:21

Atual campeão, o Itambé/Minas estreou com vitória no returno da Superliga 2019/20 feminina de vôlei. Nesta sexta-feira (17), a equipe mineira levou a melhor sobre o Flamengo (RJ), de virada, por 3 sets a 1 (20/25, 25/17, 27/25 e 25/17), na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG). Após a partida, a diretoria da equipe mineira soltou uma nota confirmando que a ponteira norte-americana Deja McClendon, que chegou com status de titularidade mas sofreu com a adaptação à equipe, foi liberada de seu contrato e não atua mais pelo Minas.

A central Thaisa brilhou no confronto, foi eleita a melhor em quadra e ficou com o Troféu VivaVôlei. A atacante ainda foi a maior pontuadora do duelo, com 20 acertos (16 de ataque e quatro de bloqueio). Ao final do duelo, a jogadora passou seu prêmio para Deja, que se despediu da equipe mineira.

“Foi uma boa vitória para começarmos bem o returno. Vamos seguir buscando a evolução a cada jogo para chegarmos bem nos playoffs e nas próximas competição como a Copa Brasil e o Sul-Americano de clubes”, avaliou a líbero Léia.

Na classificação geral, o Itambé/Minas segue em terceiro lugar, com 30 pontos (10 vitórias e duas derrotas). O Flamengo aparece na 10ª colocação, com sete pontos (dois resultados positivos e 10 negativos) O Sesc (RJ) lidera, com 32 pontos.

As duas equipes voltarão à quadra pela Superliga 19/20 na próxima sexta-feira (24.01). O Flamengo medirá forças com o São Paulo/Barueri (SP), às 19h30, no ginásio José Correa, em Barueri (SP). Já o Itambé/Minas terá pela frente o Valinhos (SP), às 20h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG). As duas partidas terão transmissão ao vivo do Canal Vôlei Brasil.

Outros jogos: Praia vence e Sesc RJ mantem a ponta

O Dentil/Praia Clube jogou em casa e estreou com vitória no returno da Superliga. A equipe mineira superou o Valinhos (SP) por 3 sets a 0 (25/20, 25/16 e 25/9), no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG). A ponteira Fernanda Garay foi a maior pontuadora do confronto, com 15 pontos e a líbero Laís ficou com o Troféu VivaVôlei.

O Sesc RJ manteve a liderança na competição ao despachar o Curitiba Vôlei (PR) por 3 sets a 0 (25/16, 25/17 e 25/20), no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ). A líbero Natinha teve atuação segura e levou o Troféu VivaVôlei para casa. A oposta Tandara, do Sesc RJ, e a atacante Sabrina, do Curitiba Vôlei, foram as maiores pontuadoras do confronto, com 15 acertos cada.

O Sesi Vôlei Bauru conseguiu uma importante vitória em casa contra o Pinheiros (SP). O time bauruense superou a equipe da capital paulista por 3 sets a 1 (25/20, 21/25, 25/18 e 25/23), no ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP). A ponteira norte-americana Sarah Wilhite brilhou, marcou 17 pontos e ficou com o Troféu VivaVôlei.

O Osasco-Audax (SP) foi até São Caetano (SP) e venceu o São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP), de virada, por 3 sets a 1 (23/25, 25/12, 25/22 e 25/21), no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP). A oposta Casanova foi a maior pontuadora da partida, com 20 acertos (19 de ataque e um de saque).

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade