+ Notícias

  • Crédito: Divulgação/CBV/Daniel Nunes

    Capitão do Taubaté, Raphael levanta taça da Supercopa masculina 2019.

De virada, Taubaté conquista Supercopa

Campeão da Superliga bate Cruzeiro por 3 sets a 1 e conquista mais um título inédito na temporada
Por: Redação, com assessoria/CBV - 08/11/2019 10:08:46

Campeão da Superliga masculina 2018/19, o EMS Taubaté Funvic conquistou mais um título inédito na temporada. Na noite desta quinta-feira (7), a equipe paulista largou em desvantagem, mas se recuperou na partida e venceu o Sada Cruzeiro por 3 sets a 1, conquistando a Supercopa masculina de vôlei. As parciais da partida, disputada na Arena Sabiazinho, em Uberlândia (MG), foram de 21/25, 25/21, 25/16 e 25/18.

Capitão e grande líder do projeto do vôlei na cidade de Taubaté, o levantador Raphael foi um dos que mais comemorou na quadra do Sabiazinho. “Estou muito feliz por todo o grupo, pelo time, pela cidade. É um orgulho enorme ter feito parte do crescimento dessa equipe, de toda a estrutura e a cada ano acompanhar o quão faminto de títulos é esse time, o quão importante é para a cidade o exemplo dos atletas. Para mim é um grande orgulho vencer por Taubaté e estar nesta sexta temporada ainda em busca de muitos títulos”, afirmou Raphael.

Depois de comandar o EMS Taubaté Funvic ao título da Superliga 18/19, o técnico Renan foi mais um a comemorar a conquista de mais essa competição. “A cidade respira o voleibol e ficamos todos muito felizes. Somos o atual campeão da Superliga, agora da Supercopa, já conquistamos o Paulista nessa temporada e fico muito feliz de ver a garotada se doando ao máximo e acreditando na proposta de trabalho”, disse Renan.

Pelo lado do Sada Cruzeiro, o capitão Filipe fez questão de parabenizar a equipe adversária e chamou a atenção que este é apenas o início da temporada nacional de clubes. “A equipe deles jogou melhor e damos parabéns a Taubaté, que hoje mostrou um voleibol superior ao nosso. Hoje foi um jogo preparatório para a Superliga e a nossa equipe está evoluindo aos poucos. Estamos todos juntos há cerca de duas semanas e o grupo tem muito a crescer e agora é trabalhar, já que o nível é cada vez mais alto”, concluiu Filipe.

A Supercopa coloca frente a frente os campeões da Superliga e da Copa Brasil. Estiveram em quadra sete campeões da Copa do Mundo com a Seleção masculina no último mês de outubro: os ponteiros Lucarelli e Douglas, os centrais Lucão e Maurício Souza e o líbero Thales, do EMS Taubaté Funvic, e o levantador Fernando Cachopa e o central Isac, do Sada Cruzeiro.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade